Atraio ao meu redor, o que é igual a mim

     Neste mundo tão apressado, repleto de informações, conhecemos novas pessoas e novas situações todo o tempo. Como reagimos com o mundo ao nosso redor?      Que gentileza gera gentileza, já sabemos. Mas nos colocamos no lugar do outro, diariamente? Consideração anda de mãos dadas com a compaixão. Se pudéssemos pedir a cada pessoa que encontramos, que ela nos contasse um fato que mudou sua vida, certamente...

Leia mais

Escolhas

Escolhas

Quando o assunto são ESCOLHAS, sempre me vem à cabeça o poema de Cecília Meireles: Ou isto ou aquilo Ou se tem chuva e não se tem sol, ou se tem sol e não se tem chuva! Ou se calça a luva e não se põe o anel, ou se põe o anel e não se calça a luva! Quem sobe nos ares não fica no chão, quem fica no chão não sobe nos ares. É uma grande pena que não se possa estar ao mesmo tempo nos dois lugares! Ou guardo o dinheiro e não compro o doce, ou compro...

Leia mais

Conhece-te a ti mesmo

Conhece-te a ti mesmo

“A boa comunicação entre as pessoas é a arma mais eficaz para disseminar a paz”,  diz o psicólogo Marshall Rosenberg, porta-voz mundial da comunicação não-violenta, que desde a década de 60 divulga o valor de mantermos a serenidade em qualquer conversa. Na maior parte das vezes, o que falta entre os interlocutores é ESCUTA. Quando cada um está mais preocupado em defender seu próprio ponto de vista, ignora-se o que o outro está dizendo. Aprendi...

Leia mais

A importância do grupo na questão da dependência de drogas

A importância do grupo na questão da dependência de drogas

A importância do grupo na questão da dependência de drogas INTRODUÇÃO Objetivos O presente trabalho tem como objetivo mostrar os diferentes mecanismos que levam a supressão da drogadependência nos grupos de auto-ajuda. Através de observações realizadas em reuniões de um grupo de auto ajuda à adictos, abertas ao público, foi constatado o grande número de pessoas que depois de se submeterem a vários tratamentos institucionais (hospitais...

Leia mais

De observador a participante: considerações sobre a identidade do pesquisador

De observador a participante: considerações sobre a identidade do pesquisador

De observador a participante: considerações sobre a identidade do pesquisador Este trabalho é fruto da reflexão suscitada por nossas vivências como pesquisadoras do Grupo de Pesquisa em Identidade e Educação, que realizou uma pesquisa interventiva com professores do ensino fundamental em duas escolas da rede pública da cidade de São Paulo – uma municipal e outra estadual. Esse tipo de pesquisa pressupõe dois processos que ocorrem...

Leia mais

Assim é se lhe parece

Assim é se lhe parece

Temos a tendência às vezes de acreditar em coisas que são mera ilusão. E perdemos horas, dias, até anos, achando que poderemos modificar esta ou aquela situação. Mais uma vez nos deparamos com a dificuldade de aceitar. Talvez porque um dos sinônimos de aceitar seja “conformar-se”. Não adianta chorar o leite derramado. Como diz uma grande amiga minha, “é o que é”. Para ilustrar este pequeno post, trouxe duas fotos de uma...

Leia mais